Open source para edição de multimídia


 Eis uma pequena lista de 10 programas Open Source mas há muitos mais.

Uma das muitas vantagens do software livre é que surge para suprir necessidades compartilhadas entre usuários de todo o planeta, além de atender a todos os gostos e sistemas operacionais pois funciona em Windows, GNU/Linux e Mac, outro ponto a favor é a possibilidade de tratamento ilimitado do código fonte. Veja abaixo algumas das alternativas mais interessantes:

Miro

https://i2.wp.com/wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/01/miro-600x334.png

Cliente para baixar torrents, leitor de feeds e um excelente sistema para reproduzir todo tipo de áudio e vídeo. Para isto é preciso acrescentar um conversor de formato (incluindo de compatibilidade para dispositivos portáteis), compra de música e gestão de biblioteca de conteúdo tipo iTunes. Em breve terá app para iPad.

VirtualDub

https://i2.wp.com/wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/01/virtualdub-600x481.png

Um editor e capturador de vídeo que realiza as tarefas mais usuais: mudanças em frames, filtros, efeitos, mudança de duração e fragmentos, gestão de áudio, compressão e mais. Muito útil para trabalhar com o formato AVI.

Audacity

https://i2.wp.com/wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/01/audacity-600x459.png

Para gravação de áudio e tratamento de arquivos musicais multiformato. Alguns de seus usos: para extrair a voz do som de fundo em uma canção, para mesclar temas, agregar efeitos, recortar canções, mudar velocidades, eliminar ruído e converter arquivos. Os plugins sÕ oUtro factor a sEu favor para adaptá-lo a necessidades específicas.

ImageMagick

https://i0.wp.com/wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/01/configure.jpg

Para a criação, edição e composição de vários formatos de imagem (quase 100), especialmente o bitmap. Mais que um simples editor é um pacote de bibliotecas para transformar, agregar efeitos, manipular, converter e otimizar arquivos com facilidade. É de destacar a quantidade de informação de ajuda em sua página oficial, especialmente as seções que informam sobre a utilização do código fonte também para adaptá-lo a gosto.

MediaCoder

https://i1.wp.com/wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/01/mediacoder-600x444.png

Para trabalhar os códecs de qualquer quantidade de arquivos de áudio e vídeo simultaneamente permitindo conversões entre formatos, modificar sua qualidade, adaptar a outros dispositivos, comprimir, mudar bitrate, extrair o som de vídeos e dezenas de configurações adicionais.

Jokosher

https://i0.wp.com/wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/01/jokosher-600x429.png

Jokosher é um conhecido de GNU/Linux, sendo um dos editores de áudio mais fáceis de trabalhar. O interessante é a divisão por instrumentos para ir editando o som da guitarra, a bateria, o teclado e outros de forma independente ou como combinação.

Paint.net e Pinta

https://i1.wp.com/wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/01/paint.net_-600x446.jpg

Paint.net poderia considerar-se como a combinação de Adobe Photoshop com Paint de Windows: funcionalidade (edição avançada, edição fotográfica, manejo de capas, plugins, ampla compatibilidade, entre outras) mais intuitivo manejo. Claro, a diferença a respeito das anteriores é que é totalmente livre, tanto que seu código foi que deu vida a Pinta, um projeto similar porém compatível com Mac e GNU/Linux também.

Pencil

https://i1.wp.com/wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/01/Pencil-600x433.jpg

Para criar cartoons animados em 2D, estilo caricatura, a partir de simples desenhos ou imagens permitindo convertê-las em vectores para tratá-las. Sua natureza pode nos induzir a não trabalharmos com Adobe Flash para as animações embora permita exportá-las a SWF. Seu sistema é distinto e muito eficiente. Em sua galeria poderá ver alguns exemplos.

GIMP

https://i0.wp.com/wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/01/GIMP-600x363.png

GIMP é uma referência para quem trabalha com desenho ao oferecer uma alternativa gratuita e livre para Photoshop, imitando e agregando funções de edição adicionais. A única coisa que faz falta é uma interface mais elegante -as janelas flutuantes resultam desagradáveis-, porém com plugins, scripts, centenas de tutoriais na rede, disponibilidade em vários sistemas operacionais, continua atualização e uma ampla comunidade trabalhando em seu desenvolvimento, pouco falta para alcançar a popular ferramenta de Adobe.

Inkscape

https://i2.wp.com/wwwhatsnew.com/wp-content/uploads/2012/01/inkscape-600x375.png

E se GIMP é um “Adobe Photoshop gratuito”, Inkscape é a versão sem custo de Adobe Illustrator. É um potente aplicativo de desenho vectorial que permite trabalhar com formatos como o SVG e os de outras suites de desenho e aplicativos como Blender (desenho 3D). Efeitos, transformações, tutoriais, conversões, interface mais que intuitiva e suporte para padrões web, são apenas algumas de suas mais chamativas características.

Fonte: br.wwwhatsnew.com

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s