Arquivo da categoria: Geral

akeytsu versão beta para download

LScreen_Akeytsu_01A Nukeygara está oferecendo o download gratuito da versão Beta do Akeytsu para teste, Soft que promete ser um sistema mais fácil e amigável para animação de personagens, também publicaram vídeo tutoriais, mas exige registro da licença.

Fonte: http://www.tresd1.com.br/

Site: www.nukeygara.com

Download: beta-akeytsu

Anúncios

Tekla BIMsight 1.9 a alternativa ao Navisworks

 

A mais recente versão do software de visualização e colaboração BIM gratuito, o BIMsight, inclui integração com o modelador 3D da Trimble

Esta atualização inclui importação direta para .skp .iges and .step.
Para quem não conhece muito bem a ferramenta estão disponíveis vários tutoriais gratuitos no site da Tekla
 Sistema Operativo: Windows
 Licença: Freeware
 Homepage: teklabimsight.com
 Download: Tekla BIMsight 1.9

Junho dá-te 4 cents por referido Publipt

O Publipt volta a oferecer dinheiro por convidarmos amigos e outras pessoas ao aderirem ao site. No mês de Junho cada pessoa que conseguires angariar, o Publipt paga-te 4 cêntimos.

Se ainda não estás registado no Publipt, podes fazê-lo agora clicando no banner a seguir:
Publipt! Clique Aqui!
O Publipt já me pagou 136.64 Euros e já estou a menos de 20 euros do próximo payout para fazer cashout. Aqui ganhas mais, ganhas em euros. Se queres te registar e começar a ganhar clica no libnk ou banner a seguir:

Autodesk AutoCAD 360

AutoCAD 360 é uma versão online e bem simplificada do software de desenho industrial da Autodesk que permite que você abra, visualize, edite, compartilhe e mande para a plotagem documentos sem precisar ter a versão completa no seu computador.
O acesso a esse serviço é gratuito, mesmo para quem não possui o software original. Dessa forma, qualquer pessoa pode receber e contribuir (de maneira simples, no entanto) em projetos relacionados com o AutoCAD, tornando todo o processo de criação, revisão e plotagem muito mais simples.
Por exemplo, se você estiver trabalhando com um cliente à distância, não precisa se preocupar em exportar os desenhos para arquivos de imagem; pode enviar uma cópia online que, inclusive, permite que o cliente adicione anotações, modifique detalhes e faça pequenas alterações visuais.
Todo esse trabalho colaborativo é feito quase que de maneira instantânea, já que as alterações são salvas na nuvem e o documento fica disponível para todos os participantes na sua versão mais recente. É possível também habilitar um link público para o projeto se você quiser enviar para mais pessoas sem precisar cadastrar uma a uma.
O editor permite ações simples, como arrastar as linhas de lugar; criar novas linhas, círculos e outros objetos; usar as ferramentas “Trim”, “Offset”, “Mirror” e “Explode” em versões resumidas e muito mais. Para anotações, você pode usar setas, linhas e marcações de espaço, sendo que todas as opções estão de acordo com as normas técnicas.

Importante

Para acessar, é necessário ter uma conta na Autodesk. Clique aqui e crie a sua.


Leia mais em: http://www.baixaki.com.br/download/autodesk-autocad-360.htm#ixzz2Umnfdxan

 Opnião

O AutoCAD 360 é uma boa ferramenta alternativa online, mas esta mudança da versão anterior AutoCAD WS foi má. Muitas das ferramentas desapareceram não sei se passaram para a versão comercial pois projectos realizados na versão anterior não abriram.
Com o tempo vamos ver a sua evolução pois a utilizo para iniciação dos meus formandos no mundo do CAD e utilizava o AutoCAD WS, mas para um iniciante é uma boa ferramenta.

LuxRender 1.0

var bdv_ref_pid=486614;var bdv_ref_type=’i’;var bdv_ref_option=’a’;var bdv_ref_eb=’0′;var bdv_ref_gif_id=’ref_468x60_red’;var bdv_ref_width=468;var bdv_ref_height=60;internet advertising

Um dos renderizadores externos com melhor compatibilidade com o Blender, e que compartilha a sua filosofia aberta está com uma nova versão estável. Entre as opções existentes para renderização externa com o Blender que também são de código aberto podemos destacar o LuxRender e o YafaRay. Mas, desde que o Blender teve a sua mudança drástica de interface e funcionamento interno com a série 2.5x, o LuxRender é a opção que melhor se integra ao Blender. Nos últimos dias o LuxRender atingiu um marco no seu desenvolvimento, e depois de ficar várias semanas em Release Candidate chegou na sua versão 1.0 final.
Caso você queira fazer o download dessa versão estável para o seu Blender, basta visitar esse endereço e começar a usar o LuxRender junto com o Blender. Mas, e o Cycles? Essa é uma pergunta que sempre recebo de usuários do Blender que não sabem ainda qual versão usar para seus projetos.

LuxRender 1.0 Splash


O Cycles hoje é uma ferramenta que oferece grande diferencial para criação de projetos dentro do Blender, pois com ele é possível gerar imagens realistas sem a necessidade de plugins ou scripts externos. Mas, o Cycles em termos de desenvolvimento ainda está longe de atingir a quantidade de recursos que o LuxRender já disponibiliza. Por exemplo, o uso de light groups e até mesmo suporte a recursos avançados de iluminação como luzes fotométricas, tudo isso já funciona perfeitamente no LuxRender.
Até pouco tempo atrás era complicado simular luzes pontuais com o Cycles, pois o algoritmo do Path Tracing usando pelo Cycles “não gosta” de fontes de luz pequenas. É por esse motivo que sempre acabamos usando luzes em forma de plano ou área. Somente na versão 2.64 do Blender é que o Cycles começará a suportar as luzes do tipo Spot do Blender.
Com a versão 1.0 do LuxRender o software atinge um nível de maturidade que é procurado por artistas e pessoas interessadas em criar imagens para ambientes de produção. Isso significa menos problemas na produção de imagens.

 Fonte: www.allanbrito.com