Aprenda a utilizar o sistema de camadas do seu Gimp.


A principal diferença entre os editores de imagens simples e os que são realmente bons é a possibilidade de se dividir as imagens em várias camadas independentes. O Gimp é um dos principais editores de imagem gratuitos da atualidade por oferecer muita qualidade a qualquer usuário. Se ele oferece recursos de qualidade de graça, por que continuar utilizando editores que parecem ter sido feitos para crianças?

Melhore Sua Imagem

Imagine que no lugar de uma única folha de papel você agora pode trabalhar com um maço de folhas com quantas forem necessárias. Além de facilitarem muito o deslocamento entre as figuras, também é possível alterar a transparência de cada folha, recortar e colar partes e adicionar máscaras e efeitos entre elas. Este sistema permite que imagens muito mais elaboradas possam ser criadas e que algumas tarefas complicadas se tornem triviais.A janela de camadas.

Utilizando o Gimp, o usuário tem a possibilidade de abrir novas figuras e novas camadas sobre cada uma delas. Nesta janela é possível abrir um novo arquivo, alguma figura em branco ou ter acesso às opções de máscaras e efeitos. Estas opções são encontradas ao clicar o botão direito do mouse em cima de alguma das camadas.

Repare que ao lado de cada camada existe um espaço com um desenho de um olho, este indica se a respectiva camada se encontra visível ou não. Abaixo o usuário encontra opções para duplicar camadas ou movê-las para cima ou para baixo em relação ao desenho. Outra ferramenta importante que é encontrada nesta janela é a de opacidade, ela é que determina o grau de transparência de cada camada.

Exemplos de aplicações das camadas:

Sobreposição de imagens:

Primeiro selecione as imagens que você deseja trabalhar e escolha qual delas irá sobrepor a outra. Você poderá notar que a camada de fundo será coberta pela nova figura, para equilibrar as duas figuras pode alterar a transparência da imagem, bons resultados são obtidos com a opacidade de 50%.

Uma imagem sobre a outra.

A partir de então diferentes efeitos para casar as duas figuras podem ser aplicados, basta escolher algum na lista para acompanhar o resultado e escolher qual mais lhe agrada.

Destaque da figura:

Outra alternativa simples que o sistema de camadas oferece é a de se destacar ou esconder elementos de qualquer imagem. Para este caso basta criar uma nova camada em branco e nela cobrir tudo aquilo que não lhe interessa na imagem principal. Depois altere a transparência desta até que se obtenha uma boa proporção. Desta maneira o que não foi coberto ficará mais aparente que as demais áreas da figura.

Destaque sua figura.

Mixagem de duas imagens:

Para mesclar duas imagens com o efeito de degrade você precisa abrir as imagens que deseja e em seguida posicioná-las da maneira adequada. Clique então em cima da camada superior e selecione a opção para adicionar máscara. Selecione a ferramenta de degrade, escolha a opção linear e marque na figura a uma linha horizontal que será reservada ao efeito de transição. A combinação destas ferramentas com estes efeitos produzem um resultado como este.

Mixando duas imagens.

Estes são apenas alguns dos diversos recursos que o editor de imagens Gimp possui. Os resultados que podem ser obtidos com eles também só encontram limite na imaginação do usuário. Os exemplos descritos acima são simples, mas já ilustram para os usuários menos experientes como utilizar o sistema de camadas do editor de imagens. Aprenda a dominar as demais ferramentas deste programa e crie qualquer imagem que você possa precisar.

Por Rodrigo Prada

Anúncios

Apenas mais um blog de software, multimedia e CAD 3D

%d bloggers like this: