Modelando um Clips


Para começar o nosso clips vamos entender como ele será feito. A modelagem será feita com base numa curva, para ficar mais fácil de editar. Portando utilizaremos apenas 2 curvas para toda a modelagem.

Arquivos

Para auxiliar nós na modelagem do clips eu tirei uma foto. Se você desejar pode salvá-la para usar como referencia.

Comece adicionando a imagem como Backgound Image para modelarmos em cima dela. Caso você não saiba como fazer isso, visite este tutorial.

Clique na imagem para ampliar

Antes de comecarmos a modelagem você pode escolher 2 caminhos. Um é modelar com uma curva Bezier, que algumas pessoas acham mais fácil de manipular. Mas outras pessoas, como eu, preferem fazer com um Path.

Na verdade a única diferença é em relação ao modo de manipular a curva, então abaixo estão como fazer com as duas.

Utilizando Bezier

Delete o cubo inicial do Blender, pois ele não será útil. Com a cena limpa, adicione uma cuva do tipo Bezier (Add>Curve>Bezier Curve).

Entre no Edit Mode (TAB), selecione e delete uma das pontas da curva. Feito isso, mova (G) a outra ponta para o inicio do clips.

Utilizando extrusão (E), escala (S) e rotação (R) comece a contornar o clips. O meu controno ficou assim.

Utilizando Path

Agora vamos fazer com um Path. Se você já fez com Bezier pode pular esta parte do tutorial e seguir desde onde diz Continuação.

Adicione uma cuva do tipo Path (Add>Curve>Path).

Com o Path adicionado, entre no Edit Mode (TAB) e posicione-o no início do clips. Utilizando extrusão (E) selecione uma mas pontas e comece a contornar o clips. O resultado final deve ser este:

Continuação

Com o formato do clips pronto vamos criar agora sua espessura, porque por enquanto ele é só uma linha. Fazer isso é extremamente básico.

Adicione uma nova curva, mas dessa vez um Bezier Circle. Lembre-se de ir para o Object Mode (TAB) antes de adicioná-la.

Reduza a curva com escala (S) de acordo com a espessura que você desejar para seu clips.

Precisamos saber qual é o nome da nova curva. Por padrão ela se chama CurveCircle, mas para ter certeza, selecione o circulo e tecle N para acessar as propriedades do objeto. Uma pequena janela aparecerá. O nome do objeto está onde diz OB.

Você pode alterar o nome da curva se desejar, mas grave o nome que você escolher.

Selecione novamente a curva que contorna o clips e vá para o painel Editing (F9). Encontre uma aba chamada Curve and Surface (por padrão é a do meio). Nessa aba existe uma opção chamada BevOb, onde você colocará o nome do seu circulo.

Como eu não alterei o nome do meu circulo no passo anterior coloquei BevOb como CurveCircle.

Como você pode ver abaixo, o resultado é que o circulo alongou-se pelo contorno do clips. Se você achar que está muito espesso ou muito fino basta ajustar selecionando o circulo e utilizando escala (S).

O nosso clips ainda é uma cuva, ou seja, se você selecioná-lo e entrar no Edit Mode (TAB) você poderá editar o seu formato livremente.

Mas, se você desejar, é possível transformar o clips em um objeto como todos os outros. Para fazer isso basta teclar Alt+C com ele selecionado.

Agora é hora dos ajustes finais. Nós não queremos que o circulo apareça na renderização. Então vamos mandar ele para outra camada (ou layer). Selecione-o e tecle M para que a janela de seleção de Layers apareça. Nesta janela existem um monte de quadrados pequenos que representam todos os layers, do 1 até o 20. Vamos mover o circulo para a 2ª camada, então clique no 2º quadrado e em seguida em

O circulo irá sumir, mas não se desespere. Ele ainda está na cena, só que como a camada 2 está desativada nós não podemos vê-lo. Caso queira voltar a editar a espessura no clips ou fazer outros ajustes basta teclar 2 (mas cuidado não é o 2 do teclado numérico) que você irá para o layer 2. E para voltar ao layer 1, obviamente, basta teclar 1.

Vamos agora fazer um ultimo ajuste. Selecione o clips e vá ao painel Editing (F9) e na aba Link and Material clique no botão Set Smooth. Isso fará com que o clips fique com as bordas arredondadas.

E assim acabamos a modelagem do nosso clips! Claro que um clips é totalmente sem graça quando está sozinho na cena. Mas ele pode ser muito útil na hora de complementar algum cenário.

Além disso, as técnicas apontadas aqui no tutorial, principalmente a com a curve Path, podem ser aplicadas na modelagem de outros objetos do mesmo estilo!

O objetivo do tutorial era explicar somente a modelagem. Mas você pode ver mais sobre os recursos utilizados na cena acima, como o reflexo nos objetos (material do clips e do chão) neste tutorial. Também pode ver como fazer o desfoque (DOF) para dar mais realismo a cena neste tutorial. O resto da cena fica para uma outra oportunidade de tutorial D

Fonte: Blender Total

Apenas mais um blog de software, multimedia e CAD 3D

%d bloggers like this: